2018 April

DESCOBRINDO A FÉ

DESCOBRINDO A FÉ

Nasci em uma família cristã, mas, aos 13 anos, tornei-me ateia. Aos 18, deixei minha cidade natal, Rio de Janeiro, e com uma mochila nas costas parti para descobrir o mundo. Em um dado momento, depois de visitar as Ilhas Britânicas, voltei para o continente e viajei de ônibus para a Índia, atravessando a Turquia, o Irã, o Afeganistão e o Paquistão. Foi quando aprendi que os povos de fala árabe usa... Read More »

MUITO ALÉM DO MERO DESEJO

MUITO ALÉM DO MERO DESEJO

Eu tinha oito anos quando perdi meu avô, aos 65 anos. Minha família é muito unida e isso foi um golpe duro para todos nós. Lembro de beijar seu rosto frio e lhe dizer adeus. Mas algo dentro de mim insistia que aquela despedida não era definitiva. Sempre tive uma forte esperança de me reunir a ele algum dia. Toda vez que visitava seu túmulo, chorava por não poder vê-lo, tocá-lo, falar com ele; mas,... Read More »

MUDANÇAS NA PAISAGEM

MUDANÇAS NA PAISAGEM

Não virei na rua que deveria. Estava a caminho de casa, conheço bem o bairro e já passei por aquela rua milhares de vezes, mas uma mudança na paisagem me confundiu. Uma galeria comercial que não funcionava havia algum tempo estava sendo demolida, para o que homens e máquinas trabalharam toda a semana. Por não ver na esquina o prédio que sempre esteve ali quando eu fazia aquela curva, passei reto. ... Read More »

ENFRENTANDO O DESCONHECIDO — JUNTOS

ENFRENTANDO O DESCONHECIDO — JUNTOS

Como a maioria, gosto da previsibilidade. Mudanças podem significar pisar em território desconhecido, abrir mão de minha rotina confortável e essas coisas me preocupam. Outra consequência possível é a perda de uma dose de controle — e isso também me inquieta. Por mais bem feitos que sejam os preparativos para a mudança, são muitos os fatores e não se pode controlar todos. Na verdade, não seria seq... Read More »

ESPERANÇA E A ÁRVORE DE VIDA

ESPERANÇA E A ÁRVORE DE VIDA

Ele é alto, magro, bronzeado e tem uns sessenta e poucos anos, de forma que é mais velho que os demais vendedores do mercado de hortifrutigranjeiros. Aos clientes, sempre saúda com um sorriso generoso. Fiquei surpresa, certa manhã, quando o vi usando um colar cervical. Mesmo com aquela coisa que vinha da ponta do queiro aos ombros, o homem não se queixou do desconforto que seus olhos revelavam. Ex... Read More »

TENHA FÉ NA FÉ

TENHA FÉ NA FÉ

Para alguns, a fé em Deus é algo natural. Conseguem ver o lado bom das pessoas difíceis ou nas situações de provação. É gente que só consegue ver copos meio cheios e costumam dizer coisas como “Deus proverá” e “Não se preocupe, pois tudo vai dar certo.” À primeira vista, pode parecer que a vida dessas pessoas seja mamão com açúcar, que mal saibam o que é um problema e que tudo sempre aconteça do j... Read More »

ENCONTROS COM BORBOLETAS

ENCONTROS COM BORBOLETAS

Enquanto pesquisava para escrever uma curta história sobre um antiquário que colecionava borboletas raras, deparei-me com um site na internet rico em histórias envolvendo essas fascinantes criaturas. Impressiona o volume de relatos reunidos graças às várias pessoas que contribuem para o website — centenas de experiências — e fiquei admirado do grande impacto que a minúscula borboleta já causou à v... Read More »

COMEÇAR DE NOVO

COMEÇAR DE NOVO

No ano passado, meu marido e eu nos voltamos para o Canadá, meu país natal, depois de 30 anos no exterior. Em todo esse tempo morei e viajei pelas Américas sem jamais imaginar que voltaria a viver onde nasci. O processo de repatriação foi, até certo ponto, um choque cultural, mas logo me apaixonei pela vida em um país que aceita a diversidade e acolhe imigrantes do mundo inteiro, criando um mix ra... Read More »

FALANDO PELAS FRESTAS

FALANDO PELAS FRESTAS

A casa de campo dos meus avós, construída em 1920, tinha um lindo assoalho e madeiramento de carvalho. Tinha também um sistema de “registros” — frestas no assoalho que podiam ser reguladas possibilitando o controle do fluxo de ar quente que passava por dutos vindos do forno no porão para cada um dos quartos do andar de cima. Para mim e minha prima esse sistema também servia de um meio de comunicaç... Read More »

BRAÇOS À MINHA VOLTA

BRAÇOS À MINHA VOLTA

A felicidade é feita de muitas coisas: um sorriso de uma criança, o brilho dourado da alvorada, o abraço caloroso da pessoa amada, a saúde depois da doença. Mas essa felicidade é também transitória: uma criança não sorri sempre, o dia pode começar nublado e até com nuvens pesadas, a pessoa amada pode se afastar e a doença pode não passar. Há outra felicidade ainda mais profunda e duradora, que ent... Read More »

MINHA GAROTINHA

MINHA GAROTINHA

Como muitas mães-de-primeira-viagem podem entender, nada é mais fascinante para mim que observar minha filhotinha. Suas expressões faciais, o entusiasmo em seus olhos, sua curiosidade… Tudo nela faz emergir o amor de mãe em mim. E um dia maravilhoso percebi que é assim que Jesus, em Seu amor incondicional, olha para mim. Quando vi minha Ashley Elle sentar na cama e ficar me olhando com seus olhos ... Read More »

CARTÃO POSTAL DE VERONA

CARTÃO POSTAL DE VERONA

Sou da mesma cidade natal de Romeu e Julieta. Todo dia, a caminho da escola, passava pela famosa varanda da qual Shakespeare faz Julieta chamar seu amor e para a qual ele certa vez escalou segurando-se em uma de suas longas tranças. Recentemente, voltei à Verona e tornei a passar pelo cenário daquele momento de amor. Mas a multidão de turistas não me permitiu sequer chegar perto da famosa sacada e... Read More »

O CALEIDOSCÓPIO DO AMOR DE DEUS

O CALEIDOSCÓPIO DO AMOR DE DEUS

O amor é como um ribeiro. Alguns dias, flui com ímpeto, com abundância; outros dias, escorre apenas um fiozinho d’água e parece sumir entre as rochas. Mas há mais amor para vir da fonte, mesmo em época de seca, quando o amor deixa de fluir e parece nada mais que um leito de lama. Lembremo-nos de como Jesus amou, perdoou e estendeu a mão para mostrar que Se preocupava com as pessoas. Quando temos e... Read More »

RESERVADA PARA ELE

RESERVADA PARA ELE

Muitos que sofrem de solidão vivem cercados por pessoas, mas sente que ninguém os entende. Convivem, mas não se conhecem, não sabem de fato quem o outro é. Anseiam por alguém com quem possam compartilhar seus interesses e problemas, que se solidarize com eles. O fato é que ninguém entende completamente o outro; nem mesmo os que são casados há décadas ou os melhores amigos, pois em cada vida há pel... Read More »

DEUS NUNCA NOS DESAMPARA

DEUS NUNCA NOS DESAMPARA

Faz vários anos, logo no início de minha carreira de missionário voluntário, tive de tomar uma decisão importantíssima, uma situação que me torturou por vários dias, até que Deus atendeu às minhas orações e me orientou por meio de uma simples ilustração. Foi uma imagem de uma menina que caminhava de mãos dadas com o pai. A criança, temerosa, implorava ao pai que não a soltasse. “Papai, por favor, ... Read More »

UM HOMEM FORA DE SÉRIE

UM HOMEM FORA DE SÉRIE

Parecia um pequeno assentamento, com fileiras e mais fileiras de casinhas idênticas de um lado e canteiros de verduras do outro. Via-se à distância uma quadra de basquete e, mais adiante, uma barraquinha de frutas. Eu caminhava pela rua de terra atrás de meu pai, que ia conversando com alguns homens. Por onde fôssemos, pequenos grupos nos observavam e cochichavam, uma cena que se repetia todas as ... Read More »

RENASCE A PAIXAO

RENASCE A PAIXAO

Não me lembro de quando nos conhecemos. É como se ele sempre estivesse por perto e fizesse parte da minha infância. Meus pais faziam questão de convidá-lo para passar as férias de verão conosco e para participar de praticamente todo evento de nossa família. Costumávamos ir e voltar da escola juntos. Sempre muito próximos, conversávamos muito e sobre tudo. Percebi, quando fiquei mais velha, que eu ... Read More »

O JASMINEIRO

O JASMINEIRO

A morte de meu irmão me atingiu em cheio. Talvez o que mais pesou foi o fato de ter acontecido de forma inesperada. Aos 51 anos, John sofreu um infarto fulminante. Até então, parecia forte, saudável e sem nenhum problema de saúde. E isso tornou lidar com a perda ainda mais difícil para mim. Quando crianças, éramos muito próximos e gostávamos muito da natureza. O fim da faculdade nos separou. Fui p... Read More »

A PRÁTICA DA GRATIDÃO

A PRÁTICA DA GRATIDÃO

Cada um de nós é um beneficiário do amor e desvelo de Deus. Desenvolver uma atitude de gratidão para com Deus gera em nós uma atitude de gratidão pela vida e por tudo mais que ela nos traz. Quando paramos um momento para olhar à nossa volta, vemos os pássaros, o céu, a paisagem, as flores, o verde e refletimos nas coisas que desfrutamos — o amor que temos e que compartilhamos com os outros, nossos... Read More »

NOSSO PIQUENIQUE

NOSSO PIQUENIQUE

Em um marcante dia de primavera, daqueles que fazem o coração cantar, nossa família fez um passeio ao Bodnant, um famoso jardim botânico no Norte do País de Gales. Durante duas horas nos maravilhamos nos 300 mil metros quadrados de relva e terraços, embebendo-nos das belezas, das cores e das fragrâncias que nos envolviam quando passávamos por entre rododendros, tulipas e lírios; admirando árvores ... Read More »

Page 1 of 212